João Amoêdo. Quem é? Por que ele fez isso?

João Amoêdo foi candidato a presidência em 2018 quando derrotado ficando em 5º lugar nas eleições onde o Jair Messias Bolsonaro foi o campeão. Porem quem é João Amoêdo e por que tanta confusão nas escolhas de um aparentemente candidato sincero.

João Amoêdo um dos fundadores do NOVO teve a famigerada decisão de dar os parabéns ao ex-condenado no final das eleições presidenciais do Brasil. Porem logo em seguida foi chamado a atenção pelo então presidente do partido.

Foi suspenso do partido NOVO por declarar apoio ao Lula porem dois meses depois das eleições afirma que não irá apoiar o novo governo em nada, a única coisa que ele queria era tirar o Bolsonaro da presidência.

O que começa a passar na cabeça dos eleitores é ” Pra que este desejo de tirar o Bolsonaro da presidência, e este desespero todo justificaria o apoio a um ex-condenado?” Seria rivalidade apenas entre Amoêdo e Bolsonaro?

Veja mais detalhes sobre o João Amoêdo

Idade60
Nome CompletoJoão Dionisio Filgueira Barreto Amoêdo
Nascimento22/10/1962
Local de NascimentoRio de Janeiro, Brasil
Filhos3
NacionalidadeBrasileiro
FormaçãoAdministração de empresas
OcupaçãoPolítico
FortunaR$ 425 milhões
Conhecido ComoJoão Amoêdo
Estado CivilCasado
Site Oficialhttps://joaoamoedo.com.br/

O engenheiro Civil e administrador de empresas Amôedo teve sua primeira experiência no Citybank quando ocupou a vaga de trainee. Fez carreira no banco passando pelo Banco BBA-Creditansalt S.A. e se tornando socio do Fináustria antes de ser comprado pelo Itau.

Parece que o Itaú perseguia o João, pois onde o Amoêdo ia o Itaú passava a faca. Dois anos depois que ele saiu da Fináustria comprado pelo Itau, o Amoêdo se torna vice-presidente do Unibanco que logo em seguida é comprado pelo Itaú.

Após a compra do Unibanco pelo Itaú, Amoêdo se tornou membro do conselho de Itaú-BBA, posição que ficou de 2009 até 2015.

Partido Novo de João Amoêdo

No início de 2011, João Amoêdo criou o Partido Novo. Chegando, em 2015, ao cargo de presidente do grupo político. Porem em 2022 o atual presidente do partido o afasta por que declarou apoio ao presidente eleito Luis Inácio Lula da Silva.

Nesta Quinta 29/12/2022 Amoêdo diz não vai fazer o L

Após colocar em risco sua permanência no partido que ajudou a criar quando declarou apoio ao presidente eleito, Amoêdo lava as mãos para o futuro do Brasil e diz que não fará o L, queria apenas tirar o Bolsonaro, e ainda finaliza com missão cumprida.

Será que valeu apena este risco para tirar um inimigo do poder?

Leave a Reply